O reajuste do salário mínimo, que passou de R$ 788 para R$ 880 no primeiro dia do ano, também aumentou o valor de benefícios e serviços que usam o piso como referência. Veja onde o aumento de R$ 92 (ou 11,6%) reflete: Seguro-desemprego: O aumento do salário mínimo reajusta o valor do seguro-desemprego – cuja parcela mínima passa de R$ 788 para R$ 880. O benefício foi instituído em 1990 e é concedido ao trabalhador demitido sem justa causa. Abono salarial: O benefício equivale a um salário mínimo vigente, ou seja, sobe de R$ 788 para R$ 880.O abono é pago anualmente aos trabalhadores que recebem remuneração mensal de até dois […]